O CONTO DE FADAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Daniela Veiga de Freitas Oliveira, Maria Aparecida de Abreu Vasconcelos

Resumo


Os contos de fadas revelam uma manifestação cultural de caráter universal, nascida de modo espontâneo e totalmente indiferente a tudo que seja imposto pela cultura oficial. Ao ler um conto na Educação Infantil, propiciamos aos educandos fazerem uma viagem pelos caminhos do imaginário, considerando e mostrando toda a importância que tal recurso proporciona na formação humana. O objetivo é relatar o projeto de intervenção desenvolvido junto a uma instituição de educação infantil, a partir do conto clássico Joãozinho e Maria, desenvolvendo questões relacionadas à expressão de idéias, sentimentos, necessidades e desejos das crianças. A metodologia do trabalho consistiu na pesquisa bibliográfica e na pesquisa de campo envolvendo a observação da turma de educação infantil num CMEI de Jataí/GO. A pesquisa apontou que na Educação Infantil é necessário estimular a criança com atividades de comunicação e expressão, para que possam desenvolver a linguagem oral e verbal, estimulando a construção de conhecimentos lógicos, físico e sociais, favorecendo o processo de elaboração de descobertas, levantamentos de hipóteses, criação, (re)invenção (re)significa os contos de fadas ao mundo do faz de conta, da fantasia, superando conflitos internos que teve/tem no momento de sua vida. A ação pedagógica, desenvolvida pelo projeto de intervenção, será lúdica, envolvendo brincadeiras, dramatizações, interpretando e criando uma nova história, trilha à casinha de doces e a fabricação da própria casa de doces (maquete), além de refletir o conto e suas vivências. Tais desafios são propostos a fim de desafiar o imaginário e estimular a criatividade das crianças.

 

Palavras chave: Educação Infantil; Conto de fadas; Fantasia


Palavras-chave


Educação Infantil; Conto de fadas; Fantasia

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .